Translate

domingo, 4 de junho de 2017

Diz que é feio espetar canetas em olho alheio...

Quando não consigo estar presente na hora da distribuição do pão, vejo-me obrigada a ir a uma mercearia que fica numa aldeia vizinha. O problema é que a dona lá do sítio é tão simpática quanto a ideia de morrer de encontro à parte da frente de um camião TIR…
Isto para o homem faz-lhe tanta comichão como saber que há um saguim a roubar amendoins em Marrocos… Está-se borrifando! Entra mudo e sai calado, na maior! Diz que tentou 2/3 vezes que lhe dissesse “boa tarde”, ela nem levantou os olhos da Cruzadex – desistiu!
Já eu…
Eu não aguento! Tem dias que me apetece espetar-lhe a caneta da Cruzadex num olho! Há 3 anos que lá vou, pelo menos uma vez por semana. Digo “boa tarde” quando entro, “boa tarde” antes de pagar o pão, agradeço e volto a dizer “boa tarde” antes de sair… NUNCA RESPONDE e só me olha para a mão!
Escusam de dizer que nasceu sem ouvidos, porque quando lhe pergunto o preço das coisas ela rosna a resposta…
Acho SEMPRE que as pessoas são assim porque têm problemas graves que nem sonhamos ou uma perturbação da personalidade ou simplesmente não engraçam connosco. Por isso, faço uso do meu auto-controlo e engulo alguns sapos e muita vaca malhada, sem pestanejar. #respeitoacimadetudo
Mas, aquilo fica a pupular-me no cerebelo. É-me tão massacrante que passou a ser o homem a ir lá. Gostamos tanto do raio do pão...
Ontem, tive uma ideia infalível! E disse ao homem:
Eu: Hoje o pão fica por minha conta e, digo-te já - vou fazer a Miss Cruzadex dizer-me “boa tarde”, sem ser preciso ser mal educada para ela!
Ele: Hummm, não te metas nisso, vais aleijar-te! Eu fico aqui com o meu cigarro, qualquer coisa, faz-me sinal que eu arranco-a dos teus cabelos…
Eu: Ai credo, cala-te e aprende!
Eram 16h05! Ainda antes de colocar meu sapato na loja, vi logo a Senhora Crocodilo a escrever na Cruzadex, afincadamente!
Boto um pé no degrau, encho o peito de ar, levanto os braços ao nível dos ombros, alço o outro pé à retaguarda e vomito toda a Sandie Shaw, a Floribela, o João Baião, o Macaco Adriano, a histriónica pessoa que guardo, numa gaiola, dentro de mim:
Eu: BOOOOOOMMMMMM DIIIIIIAAAAAAA, ALE….
(Num salto, interrompe-me…)
Ela: É BOA TAAAAARRRRDE!!!
(Até a Cruzadex voou para parte incerta) #oufugiu
GANHEI!!! IIIIIIUUUUUPPPPPYYYYYY #sosimple
Eu juro que tive medo que lhe saísse um: “BOM DIA, O C**ALHO!!!".
Lá se ia o meu plano…
Olho para trás e estava o homem a chorar a rir. Pisco-lhe o olho…
Vou buscar o pão. Digo “boa tarde” à senhora, pago, agradeço, digo “boa tarde” novamente e saio - sem resposta - mas já com o sentimento vitalício de vitória! #comrespeito
E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro

Sem comentários:

Enviar um comentário