Translate

sexta-feira, 3 de março de 2017

Já dou entrevistas e tudo!


Fui entrevistada para um jornal regional. Pág.5

Muito orgulhosa, de ego massajado (já que não há dinheiro para massagens noutros sítios mais apropriados...) coloquei o link no meu Facebook pessoal...

Uns minutinhos a seguir, o meu querido primo, que é para mim como um irmão gémeo (ele é que não sabe) manda-me uma mensagem privada:
- "Ali por cima da Funerária da Serra das Minas ficas Top! E ao lado do homem que teve um cão a 5 metros dele, também...".

Entretanto, recebo outra mensagem, desta vez era do homem...

- "Olha lá, quanto é que pagaste para aparecer aí? Eu sei que isso costuma ser a pagar!!!".

Ainda assim, atrevi-me a mandar mensagem a uma amiga a perguntar se viu que saí no jornal, resposta dela:

- "A sério?! Espero que tenha sido no Expresso, menos que isso...".

Pelo menos o meu rico pai diz as coisas olhos nos olhos:

- "Ah filha, isto é um jornal com pouca tiragem... bem, mas alguém há-de ler isto...".

Desisti...

Tenho sempre gente que se encarrega de manter a minha auto-estima nos píncaros.

Se, entretanto, após esta apresentação, ainda tiverem a pachorra para ir ler a entrevista e vos surgir na mente mais alguma coisinha simpática para me dizer... Estejam à vontade! #perdidopor100perdidopor1000

Agradeço à jornalista, que foi uma querida por se ter lembrado de mim, adorei! (Se a vaidade desse diarreia ontem o WC tinha ficado por minha conta).

E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro
#correiodesintra
#tamojuntas

Sem comentários:

Enviar um comentário