Translate

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Desde que nasceu o meu primeiro filho, e que começou a espatifar brinquedos só porque sim, tento transmitir-lhes que podemos sempre reciclar os brinquedos.
Mesmo que já não funcionem ou não façam barulhos (o que muitas vezes é uma bênção), continuam a ser giros e basta ser-se criativo para continuar a dar-lhes uso.
Eles DETESTAM esta minha conversa e ontem tiveram a oportunidade da sua santa vidinha para se vingarem de mim.
Parece que mordi a língua...
Raisparta aos miúdos que não perdem uma. Estavam tão afinadinhos que parecia o Coro de santo Amaro de Oeiras!
E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!

Sem comentários:

Enviar um comentário