Translate

domingo, 1 de janeiro de 2017

Só me apeteceu criopreservá-los até se me voltar a pachorra!

Zanguei-me com os mais velhos e mandei-os para o quarto arejar o cerebelo...
O Miguel como imita os irmãos em tudo, lá foi também arejar o dito, apesar de não ter sido aconselhado a isso...
Às tantas o silêncio era ensurdecedor e resolvi ir ver qual a trágica situação em que estariam envolvidos... Bem dito, bem feito!
Estavam os 3 fechados no WC que lhes pertence.
Assim que abro a porta julguei estar perante um cenário de homicídio carregado de especial crueldade...
Eu ia caindo para o lado, devo ter ficado tão branca que o Didi resolveu afirmar que "não é sangue mãe, é tinta!" (ahhhhhhhhhh muito melhor!!!).
Se eu até ali pensava que eles tinham esventrado uma osga, decepado uma barata ou até mesmo arrancado as patas a uma mosca, agora tinha a certeza que a coisa era grave...
Havia tinta vermelha até ao tecto, passando pelos tapetes, toalhas, chão,... #aindaháenãosai
O Gonçalo saiu de fininho à medida que apontava para o mais velho e acusava-o de ter feito aquilo tudo sozinho...
O Miguel tinha a mão na boca para eu não lhe topar o risinho tonto e o Didi estava com ar de Calimero com um toalhetezinho na mão completamente vermelho!!! (Ele e o toalhetezinho...).
Eu na altura não tive forças para me zangar, quando olho para a pedra que rodeia os lavatórios e vejo tudo vermelho... Ceguei!
A pedra! Aquela pedra que lavo com sabaozinho neutro para não machar. Aquela pedra que religiosamente limpo todas as noites antes de me deitar, MANCHADA DE VERMELHO!!!!
Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh
Peguei numa caixa inteira de toalhetes e tentei limpar aquilo à medida que gritava pelo homem. #desisti
Assim que colocava um toalhete a tinta vermelha explodia! #continuaaexplodir
O cenário era Dantesco!!! #eraeé
Agora, eu e o homem estamos com as maozinhas vermelhas e já tentámos tudo para tirar isto (há excepção de creolina e ácido sulfúrico...). Portanto estamos os dois com um ar de psicopatas de mãos ensanguentadas!
Íamos passar o ano à Polinésia Francesa #emsonhos mas assim vamos ter de desistir e ir até ao Fogueteiro, dançar no Salão Nobre do Clube Recreativo e rezar para não desatar tudo a fugir em pânico assim que nos virem...
Uma coisa é certa, nesta noite ninguém nos vai tentar assaltar...
Quanto aos meus queridos familiares que ofereceram DUAS experiências IGUAIS de um vulcaozinho de lava vermelhusca ao meu querido primogénito... Nós depois conversamos! Até porque o ar e as mãos vermelhas já cá cantam... #temosafamavamostiraroproveito
PS.: As fotos são apenas uma singela amostra do cenário e já depois de muito esfregar. Antes não houve espírito...
E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!

Sem comentários:

Enviar um comentário