Translate

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Arranjar problemas onde eles não existem...

Estava eu a ler um daqueles tristes apelos acerca de pessoas desaparecidas quando dei por mim a pensar que é extraordinário que se saiba sempre como é que elas estavam vestidas aquando do seu desaparecimento.
Fiz um breve exercício de cucuruto e facilmente recordei a roupa com que todos os filhos estavam vestidos e, por alto, a do homem…
Movida por uma curiosidade sádica e uma vontade de espicaçar o miolo do homem, maior do que aquela que já tenho todos os dias, tomei a irrevogável decisão de indagar se ele saberia indicar à polícia como é que eu estava vestida caso se desse a minha misteriosa evaporação…
Primeiro decorei as vestes dele da cabeça aos pés, passando pela roupa interior e depois esperei pacientemente que chegasse a “nôte”…
Ora então, como de costume, depois de deitar os miúdos fui tomar o meu banho e vesti o pijama… Deitei-me ao lado do santo e:
Eu: Amor…
Ele: Ui!!!! Vem lá coisa…
Eu: Opá vem lá coisa o quê?! Até parece que nunca te trato por amor!!! Tu é que me tratas sempre por Rita!!!
Ele: Vá, pronto, então diz lá…
Eu: Estás a ver?! Até perco a vontade de falar contigo!!! Detesto que me interrompas quando estou a tentar falar de assuntos sérios!!!
Ele: Assuntos sérios… A esta hora da noite… Mas não vem lá coisa…
Eu: Olha Pedro, não fosse isto tão sério eu calava-me já, tu enervas-me!!! Sabes que mais?! Esquece!!!!
Ele: Epáaaaa vá lá, diz lá, tanto tempo, já disseste tanta coisa e não dizes qual é o assunto, eu calo-me, pronto!!!
Eu: É como te digo Pedro Marques, não fosse isto grave e ficavas sem me ouvir 1 mês, percebes?!
Ele: Não! Mas tu vais já explicar, portanto….
Eu: Sabes, estive aqui a pensar que há coisas que pensamos que só acontecem aos outros… Mas não Pedro, podem bater-nos à porta….
Ele: Hum, hum…
Eu: Ai pá a sério que me desgastas o nervo, juro! Imagina que eu desapareço, hein?! Imagina!!! E já agora tenta não fazer um ar feliz com a ideia!!! Tu sabias informar à polícia como é que eu estava vestida?! Hã?!
Ele: Então é isso… CLARO QUE SABIA!!!!
Eu: A sério?! Uau! Então diz lá amor, se eu tivesse desaparecido hoje como é que eu estava vestida?
Ele: De pijaminha rosinha…
Eu: Eu estou a falar antes disso!!!!
Ele: E TU ?! TU, tu sabias?!
Eu: Cuecas pretas, meias castanhas, sapatos castanhos, aqueles que compraste o mês passado, calças castanhas, camisa branca e camisola hummmm (tinha de fingir que havia alguma dificuldade). Aquela que não é rosa, nem roxa….
(Só queria que vissem o ar dele a olhar para mim…. O espanto era notório! De boca aberta, olhos esbugalhados, engoliu em seco dezenas de vezes e não falava! Fez um sorrisinho nervoso...Tive de conter o riso e tentar fazer o ar mais sério que me era possível…).
Eu: Vá agora diz lá, amor…
Ele: Olha eu tenho de ir fumar um cigarro!!!
Eu: Vai lá vai que eu espero por ti… (Assim tinha tempo para me rir e vê-lo sofrer mais um bocadinho).
Ele sai do quarto e encosta a porta. Achei estranho!!! Levanto-me da cama num salto, abro devagarucho um bocadinho da porta e nem queria acreditar no que estava a ouvir:
Ele: Gonçalo, Gonçalo, ó Gonçalo! (Chamava ele em surdina).
Gonçalo (7 anos): O que foi?!
Ele: Como é que a tua mãe estava vestida hoje?
Gonçalo: Ó pai!!! Eu sei lá isso!
Ele: Tá! Pronto, dorme bem…
Foi fumar… E eu ri-me tanto, mas tanto!!! Estava em pulgas e carraças para saber o que ia inventar… Voltou… Silêncio sepulcral:
Eu: “Atão”?! Não dizes nada?!
Ele: Ai pá Rita já é tarde, tu não desapareceste, deixa-te de inventar problemas, que já temos os verdadeiros para nos preocupar!
Eu: Pois, eu vi logo Pedro, eu vi logo!!! Eu sabia, como é que é possível?!
Ele: Rita!!!! NENHUM homem saberia responder a essa pergunta, quem dá essas informações à polícia são as mulheres!!! Nem que seja uma tia!!! Pergunta a qualquer HOMEM e vais ver!!!
Eu: E vou perguntar Pedro Marques, ó se vou!!!
Adormeci na paz e repleta do sentimento de missão cumprida... Sim, é um facto, azucrinei o homem!
E eu que só queria um casalinho…
A Mãe dos Quatro!
#desvariodesvairado
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro

4 comentários:

  1. Estava eu mais o meu marido uma vez a ver um espetáculo de comédia... a dada altura chamam casais para o palco e fazem um jogo com eles. O jogo era perguntar coisas ao marido/esposa sobre o outro sem se ouvirem e saber se eles adivinhavam e davam a mesma resposta. Uma das perguntas era qual a cor da roupa interior que o marido/esposa usava naquele dia... Por acaso, perguntei ao meu marido se sabia. Tinha a plena certeza de que ele não tinha reparado... Ele respondeu acertadamente para minha surpresa! Até eu fui lá ver se era daquela cor, pois nem me tinha apercebido...
    Mas sei que se fosse hoje se calhar haveriam dias que ele não saberia o que eu tinha vestido lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uau!!! Isso é fantabulástico! Vera, conserve esse marido, é um achado! :) #queinvejaufff Beijinhos :* :* :*

      Eliminar
  2. ADORO!!!
    Vou experimentar com o meu!
    #nemseiparaquê
    #decertezaquenãosabe

    ResponderEliminar